UMA VITÓRIA E A CLASSIFICAÇÃO PARA A SEMI-FINAL

Menino carrega bandeira brasileira antes do jogo contra a Grécia Foto JB

Bastava um empate para o Brasil garantir a classificação no jogo contra os gregos neste dia 18, no mundial de Futebol de 5. Veio, com muita dificuldade, uma vitória por 3 a 0, que além de garantir a classificação, também consolidou o primeiro lugar brasileiro no grupo.

A partida foi complicada, em especial, no primeiro tempo de jogo. Uma equipe dispersa, meio desligada e uma Grécia motivada, tudo isto foi suficiente para aumentar as dificuldades brasileiras. No entanto, após uma conversa séria no intervalo, a equipe voltou mais acordada e com muito mais vontade, garantindo a vitória, após os 3 gols (2 de Ricardo Alves e 1 de João Batista).

"Entramos com a cabeça de que tínhamos apenas de empatar para garantir a vaga. Não estávamos focados para esse jogo", justificou o goleiro Tafarel, falando ao site do CPB.

Sandro aquece antes de jogo contra a Grécia Foto JB

"Eu estava sentindo esta dispersão no aquecimento, tinha medo que acontecesse justamente o que houve no primeiro tempo", explicou o atleta Sandro Laina.

Com este resultado, amanhã, Brasil e Argentina fariam um "amistoso" de luxo. Os brasileiros, já classificados e os argentinos, já eliminados, se enfrentam às 17 horas (13 horas de Brasília).

"Brasil e Argentina nunca é amistoso, é sempre jogo duro e disputado", completou o capitão da seleção.

Toda equipe no quarto de Damião, após o jogo Foto JB

Além das dificuldades de jogo, a partida contra a Grécia deixou uma baixa importante. Damião, importante zagueiro do selecionado, torceu o pé esquerdo em uma dividida com um grego e desfalcará o Brasil nas próximas duas partidas.

"Nossa equipe médica é muito boa, vai recuperá-lo logo;  e espero que consigamos colocar o Brasil na final, assim ele poderá jogá-la", lamentou Sandro.